Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

EUA – Causador Nr.1 de refugiados

Já sabemos faz tempo, mas agora um relatório da ONU tornou oficial. Os países com maior número de refugiados são todos alvos de intervenções militares dos norte-americanos. Segundo o UNHCR, mais de 65 milhões de pessoas foram obrigadas no ano passado a deixar suas pátrias, por causa dos mortais conflitos. A metade deles são menores de idade. Os países atingidos têm algo em comum: Washington está de alguma forma envolvido em ações bélicas locais.
Como é possível, que apesar deste fato, não haja protestos e gritaria por parte das boas pessoas, políticos e veículos de mídia, mas ao contrário, eles se esforçam para que nosso “aliado” EUA seja visto ainda como “o bom”. A propaganda norte-americana funciona aparentemente de forma magistral para poder com tanta eficiência encobrir e desviar o foco de seus crimes. As controladas mídias Fake-News são os principais responsáveis por esta cortina de fumaça.
A todo momento fala-se sobre os refugiados e o que se deve fazer para ajudá-los, mas o causa…

Keith Preston - Quando o Fascismo era "de Esquerda"

Fasci di combattimento.Squadra d'azione di Lucca, Itália. (1922)
Por Keith Preston
O modelo convencional de espectro político “esquerda/direita” coloca o Fascismo e o Marxismo como pólos opostos. Marxismo é considerado uma ideologia de extrema-esquerda enquanto o fascismo supostamente representa o mais “direitista” que alguém pode ser. Um título recentemente traduzido ao inglês pela editora Finis Mundi de Portugal, o Fascismo Revolucionário, de Erik Norling, faz muito bem em apontar que a classificação do Fascismo – como concebido por Mussolini e seus asseclas – como direita política deve ser questionada.
Esta obra foi originalmente impressa em 2001 e o autor, Norling, historiador e advogado, é um sueco que vive na Espanha. Norling observa que desde a juventude até a Primeira Guerra Mundial, Mussolini era tão esquerdista como qualquer contemporâneo seu (como por exemplo Eugene V. Debs). Era o que mais tarde viria a ser conhecido como “red diaper baby” (Nota do Tradutor: bebê das fral…

Robert Edwards - Compreendendo o Fascismo

Por Robert Edwards
No século XX nenhum conjunto de idéias foi mais vilipendiado e mal-compreendido do que o do fascismo. O fascismo do pré-guerra foi representado, através das maquinações da mídia social-democrata e de inúmeras obras de comentário político, como um sistema político baseado na opressão reacionária... a antítese de tudo que é bom e necessário para o progresso humano. No presente momento parece que suas origens têm sido ignoradas e ele agora é empregado como um epíteto abusivo para o propósito de difamar oponentes políticos, a maioria dos quais não o merecem. Um grau de culpa reside na perpétua polarização da política em batalhões de "esquerda" e "direita", na qual todas as tonalidades de pensamento político são consideradas apenas nesses termos simplórios.
O propósito desse artigo é explorar as razões pelas quais o fascismo não se encaixa convenientemente dentro do espectro da política "ortodoxa" e demolir os equívocos vigentes. Primeiramente…