Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Terceira Posição - um futuro além da esquerda e direita

A todos os camaradas, um feliz natal. O Sentinela entrará num resseso de 7 dias, pois seus moderadores estarão em Valhala, bebendo Hidromel e lutando com espadas. Até lá, que a força de Wotan/Kristus esteja convosco. Sieg/Salve camaradas! Estaremos de volta em 2016 pois a luta no front continua sempre.
"Uma única coisa deve importar ao Homem: permanecer de pé entre as ruínas" - Julius Evola

As origens do Natal e seu significado

Festa de natal com membros do alto comando Munique, 1941. (Hugo Jaeger/Time & Life Pictures/Getty Images).
Origem histórica na Era Cristã
A palavra natal do português já foi nātālis no latim, derivada do verbo nāscor (nāsceris, nāscī, nātus sum) que tem sentido de nascer. De nātālis do latim, evoluíram também natale do italiano, noël do francês, nadal do catalão, natal do castelhano, sendo que a palavra natal do castelhano foi progressivamente substituída por navidad, como nome do dia religioso.
Já a palavra Christmas, do inglês, evoluiu de Christes maesse ('Christ's mass') que quer dizer missa de Cristo.
Como adjetivo, significa também o local onde ocorreu o nascimento de alguém ou de alguma coisa. Como festa religiosa, o Natal, comemorado no dia 25 de dezembro desde o Século IV pela Igreja ocidental e desde o século V pela Igreja oriental, celebra o nascimento de Jesus Cristo e assim é o seu significado nas línguas neolatinas. Muitos historiadores localizam a primeira ce…

A falsa dicotomia: Esquerda e Direita

Por Marcos Lima Cerqueira (FNSB)
A falsa dicotomia: Esquerda X Direita:
Somos bombardeados constante por noções midiáticas que insistem em dizer sobre a Esquerda e a Direita, mas afinal, o que é realmente a Esquerda e a Direita?
Estes termos começaram a ser usados no início da Revolução Francesa, em meados de 1789, para diferenciar os Revolucionários dos Conservadores.
Como explica o Barão de Gauville: “Começamos a reconhecer uns aos outros: aqueles que eram leais ao Cristianismo e ao rei assumiam posições à direita da cadeira, a fim de evitar os gritos, os palavrões e as indecências que reinavam livres na facção à esquerda”.
Assim no senso comum ficou conhecido que a Direita é leal ao sistema vigente, a religião, e a ordem. A esquerda ficou como revolucionária, justa, populista e ideóloga.
Mas será que estas denominações refletem a realidade política brasileira e também mundial? Temos visto que não. A Direita vêm assumindo posições revolucionárias e a esquerda tenta manejar a ordem.
Vejamos…

Gerard Menuhin: “O Holocausto é a maior mentira da História!”

Gerard Menuhin e seu novo livro: “Diga a verdade e envergonhe o diabo”. O livro existe momentaneamente apenas em inglês e pode ser encomendado pela Amazon.
O filho do grande violinista Yehudi Menuhin causa um terremoto-monstro na maior mentira da história da humanidade. “O Holocausto é a maior mentira da História. A Alemanha não tem culpa pela Segunda Guerra Mundial e Adolf Hitler foi o único homem de Estado do mundo que quis salvar o planeta do perigo da plutocracia judaica, libertando assim novamente um mundo subjugado."
Um judeu famoso deu agora o pontapé inicial, ele não podia mais suportar a grande mentira e decidiu encarar as consequências por revelar “a grande mentira da História” e o mais violento estelionato da humanidade. Em seu livro que foi editado inicialmente em inglês – “Tell the Truth & Shame the Devil” (peça aqui!), ele atravessa todos os tabus puníveis pela lei. Ele escreve: “O Holocausto é a maior mentira da História. A Alemanha não tem culpa pela Segunda Guer…