domingo, 15 de novembro de 2015

Alemã de 87 anos é presa por negar o Holocausto


O poder do sionismo agindo com plena força...

Um tribunal alemão sentenciou uma octogenária a 10 meses de prisão por ter declarado que o Holocausto era "a maior mentira" da história, informou a imprensa alemã nesta sexta-feira (13).

Ursula Haverbeck, de 87 anos, declarou em abril, durante o julgamento do ex-contador do campo de extermínio de Auschwitz Oskar Gröning que o genocídio dos judeus foi "a maior mentira e a mais duradoura" na história do mundo.

O tribunal de Hamburgo (norte) condenou na quinta-feira a ré por "incitar o ódio", após uma audiência na qual reafirmou suas palavras e acusou a justiça de condenar aqueles que questionam o Holocausto, "perpetuando uma mentira".

Haverbeck, que anunciou que vai apelar da decisão, também argumenta que o campo de Auschwitz, símbolo do genocídio perpetrado pelos nazistas, nunca foi um campo de extermínio.

A idosa, apresentada pelo jornal Tageszeitung como a "grande dama dos negacionistas alemães", já havia sido condenada em várias ocasiões por fazer declarações semelhantes.

No entanto, é a primeira vez que ela recebe uma sentença de prisão.

Em seu site, Haverbeck se apresenta como "uma representante do revisionismo histórico" e se orgulha de ser uma "lutadora destemida a favor da verdade".

Ela é viúva de Werner Georg Haverbeck, um militante "da extrema-direita", que morreu em 1999. Juntos, eles fundaram em 1963 o Collegium Humanum em Vlotho (centro da Alemanha), uma instituição educacional considerada um ninho de "negacionista", que foi fechada em 2008.

A mídia mainstream determina aqueles que usam do seu direito para questionar a história como "negacionistas", um termo que assim como "extrema-direita", age automaticamente contra aquele que recebe o titulo pela negativa da rotulação.

Não há palavras para descrever como uma mulher de quase 90 anos é posta na cadeia dessa forma. Se ela tivesse cometido assassinato, roubo ou fraude, as pessoas alienadas ou adormecidas seriam tão cruéis? Mas ela fez algo pior, usou de sua opinião para discordar de um suposto "evento histórico", não importa como apareça nos jornais, o fato será sempre esse....e  Ursula está correta, foi presa por dar uma opinião. Assim como Host Mahler e Germar Rudolf, Silvia Stolz e tantos outros no mesmo país. -NT

Fonte: G1 - Mundo

Veja Também:





2 comentários:

  1. Infelizmente a alienação é tão grande, que as pessoas simplesmente olham o que a maioria acredita ser a verdade e aceitam, sem ao menos questionar. Basta olhar os evangélicos, que defendem Israel fazendo vistas grossas às suas crueldades, apenas pq acreditam que deus irá abençoá-los por isso. E o que vemos na Europa hoje é exatamente o que Hitler queria evitar. O europeu esta assimilando a cultura, o sangue, os costumes, as crenças semitas, considerando que o islã é só uma variação do judaísmo. De uma forma ou de outra, os povos que eram livres, serão controlados pela fé no deus de Abraão, serão escravos por opção dos judeus e muçulmanos.

    ResponderExcluir
  2. A historia da Alemanha, especialmente a historia dos 12 anos de "Hitlerismo" e do 2ª guerra mundial é a historia dos vencedores, seja grandes partes são simplesmente falsificados para esconder os crimes dos aliando contra o povo Alemão e pra manter o povo Alemão "castrado", seja p. manter a nação Alemão pequeno, que sempre era e que aínda é realmente importante para o mundo como a maior forca economico no continente Europeu. Ate hoje em dia Alemanha tem, sem saber, a chave na mão para envitar, seja decidir em favor ou contra um novo guerra dos 2 blocos (EUA vs. Russia/ Eurasia). Por isso a maior preocupacão dos EUA desde mais de 150 anos e a união da Alemanha com Russia, por isso "alguem" estava gerando os conflitos antigos e os novos, veja hoje em dia os "sancões contra Russia" etc. da EU, entre outros. ... Outro assunto: a Senhora de 87 anos preso! Ela não negou o Holocausto, ela simplesmente aprovou na maneira critica a falsificação na propria historia Alemão na maneira critica, e provados pelo fatos dos alguns cientistas internacionais da historia ... mais isso ja é um crime na Alemanha (veja §§ 130 do codigo Alemão, parece um relito da ditadura ;-)), que funciona nesse assunto juridico como a ditadura no Stalinismo. Se voce quer entender, veja esse filme dessa Senhora, e uma palestra em Alemão dessa Senhora bem educada e muito culto: https://www.youtube.com/watch?v=e5XuVlFwLuQ (Zitat aus dem Video: "Wir alle muessen schleunigst umdenken!" Hintergruende zu alten US Kriegs-/ Plaenen gegen Deutschland, die Deutschen und ihre Kultur nachhaltig zu zerstoeren und auszuloeschen. Derzeit laeuft in Europa vor den offenen Augen aller der Vollzug des letzten Teils dieser bekannten (zionistischen) Plaene - die Deutschen erleben heute unfassbar blauaeugig und widerstandslos die Fortsetzung des Krieges gegen sich mit anderen Mittel, und sie wirken sogar noch selber mit dabei.) https://www.youtube.com/watch?v=e5XuVlFwLuQ

    ResponderExcluir

O Sentinela - Mídia dissidente brasileira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...