Hitler e Eva Braun


Eles conheceram-se em Munique, quando Eva tinha 17 anos e trabalhava como assistente e modelo. Eva também era fotógrafa, e muitas fotos e filmagens de Hitler é de sua autoria. Muitas das fotos e filmes coloridos com o Führer que sobreviveram a essa época foram feitos por ela.

Seu relacionamento era muito instável, as vezes discutiam mas logo voltavam junto, e por causa dessa instabilidade no relacionamento ela tentou se matar, aonde não conseguiu, e assim Hitler começou a dar mais atenção para ela.

Nascida em  Munique, a 6 de fevereiro de 1912, trabalhava como assistente e modelo para Heinrich Hoffmann, e logo tornou-se fotógrafa pessoal de Hitler. Em 1936, ela passou a ser presença constante na Berghof, casa-refúgio que Hitler mantinha em Obersalzberg (próximo a Berchtesgaden), onde viveu protegida durante toda a Segunda Guerra Mundial. Embora não participasse de eventos públicos com ele até meados de 1944, quando sua irmã Gretl casou-se com o oficial da SS Hermann Fegelein, Eva era tida como figura chave no círculo social íntimo de Hitler.

Quando o Terceiro Reich começou a desmoronar, Eva jurou lealdade a Hitler,instalado sob a Chancelaria do Reich. À medida que as tropas do Exército Vermelho avançavam pelas vizinhanças. Ela foi uma das pessoas mais próximas e intimas a Hitler. Abrigando-se no chamado Führerbunker, em 29 de abril de 1945,  menos de 40 horas depois, Eva Braun e Hitler se casaram numa breve cerimonia  (Eva contava 33 anos de idade e Hitler 56). Então assumindo o nome de casada como Eva Anna Paula Hitler.

Um dia depois, no dia 30 de Abril,  Berlim foi invadida pelo exercito vermelho, e Hitler e Eva Braun cometeram suicídio. Ela sempre foi conhecida por sua elegância e simpatia entre a alta cúpula do Terceiro Reich.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Sentinela - Mídia dissidente brasileira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...