sexta-feira, 18 de abril de 2014

O que é que você sabe acerca do Nacional-Socialismo?



Que foi o responsável pela 2ª Guerra Mundial e pela morte de "6 milhões de judeus"? Que os "nazistas" são a causa de tudo o que há de mal no mundo?

 Você já pensou que não deixa de ser surpreendente que um regime qualificado de criminoso e tirânico pela mídia chegou ao poder, democraticamente, como o partido mais forte de toda a história do parlamentarismo, contando no ano da sua ascensão ao poder com quase 4 milhões de filiados? 

Sabia que Hitler acabou com seis milhões de desempregados em apenas quatro anos? Dessa forma, o regime nacional-socialista foi a única experiência na História de pleno-emprego na economia, ou seja, não existia desemprego! Nas palavras de um famoso economista estadunidense, John Kenneth Galbraith, esse era um feito inédito e único no mundo e a Alemanha foi o país que mais soube superar a crise de 29.

E que tanto o povo alemão como o austríaco votaram em 90% a favor de Hitler, quando se deu a união destes países em 1938? Da mesma forma se deu com os Sudetos na Tchecoslováquia, Danzig e o território polonês que haviam sido tomados da Alemanha em razão do Ditado de Versalhes: tratava-se de territórios de maioria populacional alemã que foram artificialmente integrados a outros Estados, sendo que foi dessa situação de instabilidade criada que se originou boa parte da crise geopolítica na Europa.

Sabia que no dia 24/03/1933 o judaísmo internacional declarou guerra econômica (total) à Alemanha?

Exatamente 6 anos, 5 meses e 8 dias antes de se iniciar a guerra “convencional”, que de acordo com o então 1º Ministro Inglês, Neville A. Chamberlain, foi motivada e forçada pela mesma elite judaica. E que, segundo próprias lideranças e inúmeros escritores judaicos reconheciam nos "aliados" uma frente composta em defesa da causa Sionista?

Sabia que a II Guerra Mundial foi declarada pela França e Inglaterra devido ao ataque à Polônia (supostamente), mas quando este país foi atacado pela URSS, apenas algumas semanas depois da Alemanha, nenhuma destas nações lhe declarou guerra? Ao término da guerra, a "libertação" dos países do leste europeu se deu através da anexação dos mesmos ao bloco comunista liderado pela União Soviética, nesta que foi uma expansão declarada e violenta contra a liberdade de inúmeras nações.

Sabia que o "exército nazista" foi recebido pela população destes países do leste europeu como verdadeiro libertador do terror comunista? Não por menos a Waffen-SS, força composta por voluntários de diversas nacionalidades, foi também uma experiência inédita onde centenas de milhares de soldados, desde indianos, monges budistas, negros africanos, árabes , sul-americanos e tantas outras pessoas de toda a Europa integraram as forças do Eixo pois as viam como uma frente de libertação contra o imperialismo inglês e o poder sionista?

Em setembro de 1944 uma Comissão Especial da Cruz Vermelha Internacional, atendendo a uma denúncia, esteve em Auschwitz e também em Birkenau informando em relatório que os internos recebiam correspondências e encomendas dos familiares e que não encontraram nenhuma evidência sobre a existência de câmaras de gás. Sabia que a cifra oficial de judeus mortos durante a guerra, certificada pela Cruz Vermelha Internacional, é de 300.000 e pelas mais diversas causas: epidemias, fome, ações de guerra, bombardeamentos, etc? E que o relato do "holocausto", tal qual o conhecemos, é fruto da propaganda de guerra que vêm se alterando desde as últimas décadas, sem qualquer coerência? Inclusive dentre os "testemunhos" encontram-se afirmações absurdas de que os "nazistas" utilizaram "bombas atômicas" para matar os judeus, dentre outros relatos fantasiosos e infundados cada vez mais desmoralizados pelo Revisionismo Histórico?

Sabia que no lamentavelmente célebre Linchamento de Nuremberg, Alfred Rosenberg e Julius Streicher, filósofo e jornalista respectivamente, foram condenados à morte, e enforcados, devido apenas às suas idéias?

E que neste mesmo "julgamento" os perdedores foram "julgados" pelos vencedores? Algo que o Direito Internacional até hoje não soube explicar e justificar, visto que se trata da maior aberração jurídica já registrada.

E que nestes mesmos "julgamentos" os únicos crimes investigados foram os supostamente praticados pelos "nazistas"? E o extermínio dos japoneses de Hiroshima e Nagasaki, o único ataque nuclear já registrado e que foi praticado pelos norte-americanos sob ordens do seu Presidente? Por que este "Holocausto Japonês" não foi também julgado e indenizado? Ou as milhares de vítimas dos "libertadores soviéticos", como os 15.000 oficiais poloneses exterminados no Massacre de Katyn, crime este que por décadas foi creditou convenientemente aos "terríveis nazistas" mas hoje se comprovou ter sido ordenado por Stálin?

Sabia que Hitler deteve as tropas alemãs às portas de Dunquerque, para permitir que as tropas britânicas escapassem de um massacre que certamente estaria por vir, pondo a Inglaterra em condições de aceitar uma nova proposta de paz? Que foi justamente na primeira fase da guerra, até 1941, que Hitler fez incontáveis esforços de paz propondo condições muitíssimo razoáveis a todos os envolvidos, mas que foi sempre ignorado, sendo que a intenção dos títeres sionistas desde o começo era insuflar uma guerra fratricida na Europa?

Sabia que Rudolf Hess, então sucessor direto de Hitler no comando do Reich, voou à Inglaterra em 1941, só e desarmado, com o único propósito de oferecer a paz a este país ? Sabia que a sua proposta foi desprezada e como resposta à sua oferta de paz foi encarcerado durante 46 anos, tendo sido assassinado, num suicídio forjado, aos 93 anos de idade? 

Sabia que o Nacional-Socialismo em vez de fomentar a luta de classes entre operários e empresários, os únicos que realmente produzem num País, remeteu-se contra os especuladores, banqueiros, representantes das altas finanças internacionais e o governo mundial sionista, o que fez com que estes o perseguissem até a sua destruição total? Que, na verdade,  o Nacional-Socialismo achou o ponto ideal entre o capitalismo e o comunismo, nem deixando tudo ao bel prazer do mercado nem suprimindo as diferenças naturais da sociedade em um igualitarismo forçado: promoveu um regime regulador da economia, permitindo à iniciativa privada sua participação como força empreendedora, ao mesmo tempo em que promoveu um socialismo justo através da proteção ao trabalhador e o estímulo a um sentimento ético universal, a cidadania praticada por todos, indistintamente.

Conhece algo sobre a ideologia Nacional-Socialista, a sua política social, artística, econômica, a sua organização, a saúde da sua juventude, a alegria de viver da população, os êxitos alcançados no campo da ciência, etc? 

Já reparou que tudo o que sabe é o que diz a propaganda dos vencedores da 2ª Guerra?

E já notou dos meios que eles têm ao seu dispor (total controle da mídia escrita, televisionada e radio-difundida, além de possuírem os grandes estúdios e conglomerados cinematográficos), fora a DITADURA DO POLITICAMENTE CORRETO nas Universidades e meio intelectual? 

Nunca lhe disseram que a história dos 6 milhões de judeus “gaseados” serve para ocultar os crimes dos “bons”, que foram bem mais numerosos que os alemães (Dresden, Katyn, Nagasaky, Hiroshima, etc)? E que o forjado "holocau$to" é o mito fundador na Nova Ordem Mundial pós-45, sendo que inúmeros pesquisadores independentes por todo o mundo (os revisionistas) têm se colocado a questionar este suposto genocídio por meio científico, e a resposta do Sistema foi o aprisionamento daqueles que questionam essa religião de Estado? Que verdades são essas que precisam da violência para se impor e não resistem à discussão aberta? 

Para os judeus o “holocau$to” é o grande negócio que lhes permite mascarar a verdade dos fatos decorrentes da 2ª Guerra Mundial, bem como chantagear economicamente a Alemanha e promover a vitimização do povo judeu. O Estado de Israel foi criado e está a ser sustentado com os constantes milhões de marcos de contribuintes alemães, por supostos crimes de guerra, além do suporte militar dos Estados Unidos, em razão do forte lobby sionista nas "democracias ocidentais".

O “holocau$to” não passa de um enorme HOLOCONTO que quanto mais terrível for, mais dinheiro gera a Israel e mais legitima a Nova Ordem Mundial Sionista.

Mas como alguns dos “estúpidos goyim” (como os Judeus chamam os não-judeus) poderiam advertir suas maquinações, decidiram fixar duas vias democráticas: uma LIBERAL e outra MARXISTA, cuidando de fazê-las aparecerem como inimigas acérrimas. Com tal argúcia, mantiveram a Humanidade entretida nesta suposta guerra ideológica entre os EUA e a URSS por décadas, enquanto moviam os fios para mover os fantoches.

O Nacional-Socialismo, portanto, é uma TERCEIRA VIA contra essa polarização "esquerda e direita"!

Nunca lhe intrigou que os "inimigos" EUA e URSS (capitalismo e comunismo, respectivamente) tenham lutado conjuntamente e cooperado contra os movimentos fascistas?

O NSDAP (o Partido Nacional-Socialista Alemão) estabeleceu uma cosmovisão original e completa, absolutamente eficaz e baseada nas Leis da Natureza. Tratou-se de uma experiência política das mais bem sucedidas já vista e que, em apenas pouco anos de governo, promoveu uma verdadeira revolução no bem-estar do povo.

Nunca lhe ocorreu que os "bondosos mocinhos" que venceram o Eixo e hoje dominam o mundo são os responsáveis não somente por dezenas de guerras que assolaram o mundo no Século XX, mas como também por todo tipo de movimentos subversivos da sociedade que resultaram nessa "liberalização" das drogas, pornografia, deturpação da feminilidade, globalização, uniformização cultural, miscigenação desenfreada e todo tipo de idiotização da sociedade por meio da indústria do entretenimento?

Você sabia que o único país do mundo que possui armas de destruição em massa (nucleares, biológicas e químicas) não declaradas é o Estado de Israel? Sabia que este país viola constantemente resoluções da ONU e proíbe inspeções em suas instalações e arsenais químicos, nucleares e biológicos, mas ainda assim recebe bilhões de dólares anualmente de vários outros países do mundo e que tudo isto só é possível através da chantagem econômica e moral que os judeus exercem no mundo desde o fim da segunda guerra mundial, decorrente da fantasia do “holocau$to”? 

Você sabia que, devido às enormes influências dos judeus, hoje em dia na Alemanha e em vários outros países, é totalmente proibido contestar o “holocausto” dos tais seis milhões de judeus? Inclusive aqui no Brasil o deputado judeu-sionista Marcelo Zaturansky está tentando inserir a "criminalização da negação do holocausto" na nossa legislação penal? 

Por mais provas e dados que alguém tenha para se embasar é crime apenas questionar a existência do tal “holocausto”. Os judeus tentam tornar, à força, o “holocausto” num autêntico dogma, numa verdade absoluta que NÃO PODE, sob pena de prisão, ser discutida.

O QUE SE MOSTRA DO NAZISMO? Loucura, criminalidade, violência, ânsia de conquista, racismo negativo (exatamente o racismo que praticam os judeus), teorias aberrantes, terror, bestialidade, opressão, abusos, etc. etc.. Se destaca com luzes de néon o HOLOCONTO e os supostos seis milhões de judeus assassinados. 

A VERDADE OCULTA DO NAZISMO: Chegando ao poder com apoio da maioria esmagadora dos alemães, após seis anos de Paz o regime “totalitário e antidemocrático de Adolf Hitler” recuperou a Agricultura e o Campesinato para alimentar a todo o Reich e ante o crescimento gigantesco das colheitas, voluntários das diversas profissões, indústria e comércio foram trabalhar lado a lado com os camponeses. Levantou o nível do operariado, que pela primeira vez começou a ser respeitado por toda a sociedade, com o que milhões de Comunistas, ao viverem a realidade Nacional-Socialista e compararem-na com as eternas promessas e falsidades do Marxismo, se converteram espontaneamente ao Nazismo.

O partido nazista, sob o comando de Hitler, tinha como diretriz principal encorajar a moral da família, a maternidade, paternidade, Respeito e Honra. Foi, antes de tudo, uma REVOLUÇÃO PESSOAL de cada cidadão do Reich.

Hitler era um ambientalista ferrenho. Procurava encorajar políticas de proteção ao meio-ambiente: o ar e água limpos. Campanhas e pesquisas de proteção a natureza já eram feitas. Já se pensava em como criar carros menos poluentes, ou até com combustíveis alternativos e/ou carros elétricos. A Alemanha nazista provia dinheiro ilimitado para investimento em fontes alternativas de combustível, investindo pesadamente em petróleo sintético e geração de energia elétrica por variadas fontes.

Eliminou as divisões do povo alemão, a vertical em classes e a horizontal em direita-centro-esquerda, mas promoveu uma filosofia baseada na visão ORGÂNICA da sociedade: cada qual dentro das suas aptidões e exercendo uma função em prol da unidade nacional. Recuperou o orgulho de um povo abatido e humilhado, re-estruturando sua educação e forjando uma juventude olímpica, cuidando das mulheres e promovendo políticas em defesa da maternidade, otimizando a atenção médica, ademais fortaleceu a saúde pública juvenil, crianças e adolescentes, entregou-lhes conhecimentos úteis e práticos sem enciclopedismo estéril, injetou neles o amor a seu sangue, seu solo, sua história, seu espírito Nacional, deu-lhes mística e uma SÓLIDA FORMAÇÃO. 

Eliminou a inflação e as crises, eternas e inevitáveis companheiras de toda democracia burguesa que se valha. Construiu milhares de quilômetros de estradas modernas, amplas, sólidas, com sentido ecológico autêntico, pelas quais correu o “automóvel do povo”, o Volkswagen concebido por Hitler e desenhado por Ferdinand Porsche, que os operários podiam comprar em cotas populares, estimulando padrões saudáveis de consumo e bem-estar entre todos. Hitler era absolutamente contra qualquer deturpação e degradação artística tão presente nos dias de hoje.

Sob o programa “Kraft durch Freude” (Força através da Alegria) Hitler deu aos trabalhadores suas primeiras viagens de férias. Também criou os primeiros resorts para trabalhadores – resorts tais que eram de excelente qualidade, com piscinas, teatros, e todo tipo de infra-estrutura. Enquanto isso, nos USA os trabalhadores levavam porrada da polícia e de mafiosos contratados pelo governo para intimidar trabalhadores por protestarem contra as péssimas condições de trabalho; na China Comunista milhões morrem nas minas de carvão e outros tantos sob péssimas condições de trabalho.

Em 1938, Hitler foi eleito pela revista estadunidense Time como "Homem do Ano"; chegou mesmo a ser cogitado ao Nobel da Paz. Era tido como uma grande liderança mundial, mas "de repente" tudo vira e ele se torna a "encarnação do mal" para legitimar os crimes dos "bondosos mocinhos" vitoriosos da guerra, eles mesmos que "julgaram" os nazistas na farsa de Nuremberg.

Hitler fez construir centenas de milhares de moradias dignas para os trabalhadores, cada uma com sua horta, que a família trabalhava com seu próprio esforço. Instituiu o Serviço do Trabalho junto ao Serviço Militar obrigatório, concebendo assim a Alemanha do Futuro ao unir no trabalho os jovens de todos os estratos sociais, de todos os pontos cardeais, e criando laços pessoais de vastíssima projeção, impossíveis de outro modo. 

Recuperou territórios roubados impunemente pela judiaria sionista de Versalhes (Elsass-Lothringen, Danzig, etc). Formou e equipou um exército congruente com um Reich de mais de 70 milhões de pessoas, o qual foi capaz de resistir a 80 países lacaios do Sionismo durante longos e duros seis anos de guerra, guerra que nem começou nem desejava, porém que heroicamente soube enfrentar.

Adolf Hitler, o maior líder que a humanidade já testemunhou foi, ao contrário da imagem deturpada que tentam nos vender, um estadista que nasceu do seio popular, um artista por natureza, posteriormente vitorioso estrategista militar, político justo e orador excepcional: inspirou toda uma nação a lhe seguir e em troca deu a todos um regime bem-sucedido (que apenas foi interrompido pela agressão dos fantoches judeu-sionistas).

Agora pare e pense: até hoje você só ouviu um lado da história e portanto não pôde formar um juízo verdadeiramente autônomo a respeito do assunto. Não acha plausível ao menos levar em consideração o que o outro lado tem a dizer, para então tirar suas próprias conclusões?

6 comentários:

  1. Olá tudo Bem?
    É possível disponibilizar as fontes dessas informações? vai me ajudar, e muito, nas minhas pesquisas.
    Obrigado desde já.

    ResponderExcluir
  2. Teria alguma maneira de eu me comunicar com o autor desta matéria, admirei muito e gostaria de ter uma conversa sobre isso. Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite,
    Gostaria de entrar em contato para obter mais informações para a minha pesquisa.

    Agradeço desde já

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, qual a fonte da matéria?

    ResponderExcluir
  5. Oi, vocês poderiam disponibilizar esses materiais em pdf, para caso de ser retirado e para ser visualizado em ordem no leitor digital. Se possível todo o site como visto em outra fonte, entende. Não precisa publicar

    Lx.

    ResponderExcluir
  6. Eu sabia que tinha alguma coisa errada. Essa historia do americano" bonzinho "combatendo o alemão "racista e malvado" estava enfeitada demais para ser verdade. E por falar em racismo é só ver como era avida dos negros americanos durante a segunda guerra.

    ResponderExcluir

O Sentinela - Mídia dissidente brasileira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...